Quarta-feira, 30 de Agosto de 2006

EM CADA GOTA DE TI...

 

Em cada gota de ti…
me banho!
Em cada gota de ti...
nasço!
Em cada gota de ti...
cresço!
Em cada gota de ti...
me revejo!
Em cada gota de ti...
crio o mar da nossa esperança!
Em cada gota de ti...
voo, como qualquer gaivota!
Em cada gota de ti...
me enrolo, e adormeço!...
Em todas as gotas de ti...
nasço todos os dias, e
espero por ti a vida inteira!



©{{coral}}
Reservados os direitos de autor
Textos e poemas registados na SPA

sinto-me: A paz caminha-se devagar...
música: A de fundo do blog... é linda!
publicado por {{coral}} às 00:56
link do post | As vossas palavras são importantes! | favorito
|
8 comentários:
De carla a 30 de Agosto de 2006 às 01:27
Em cada gota de ti te bebo!...
Um copo de água vazio em cima de uma mesa...onde todos os dias uma gota cai nele...uma mulher sentada na cadeira aguardando que ele fique cheio...sedenta, ávida, sequiosa.... á espera...dia a dia...todos os dias.....
Espero que um dia bebas esse copo de água com toda a felicidade que mereces!
Saber esperar é uma virtude!
Pacientemente.....
Maria, olha bem!.. Já reparaste que o copo está quase cheio? :)
Que belo brinde ao amor, amiga!
Fica bem
Bjocas
Até amanhã
>*<
carla
De Marluce a 30 de Agosto de 2006 às 02:02
{{coral}}
Ao almoço fiquei de lágrimas nos olhos a ler o seu poema, e antes de me deitar pensei em vir ler outra vez o poema do silêncio, e deparo-me com um hino de gotas em que tudo reluz, tudo seduz, tudo se envolve, tudo ama.
Palavras tão lindas estas que canta em hinos ao «seu amado» que por vezes até me causa inveja, ai como eu gostava de poder cantar assim o amor que o meu marido deixou de me entregar, pela monotonia da vida que ambos temos. A vida deve-lhe esta realização ardente de ter a pessoa que tanto deseja. Ó minha amiga sem a conhecer de lado nenhum já faz parte da minha vida, se calhar até vou conseguir conhecê-la, dar-lhe um abraço, dizer-lhe da minha admiração, porque soube que vai lançar outra antologia muito brevemente. Deixo-lhe o carinho duma quarentona que a admira muito, e lute pelo que merece.
Um beijo
Marluce
De Devil_Girrl a 30 de Agosto de 2006 às 04:35
ola coral...=) ai ai o amor...e eu que ando apaixonada...e feliz...n percas a esperança linda =P
o poema está tão simples...mas tocou-me muito...
=)
beijinhos...
vai ao meu tenho la um novo...=P
De isa&luis a 30 de Agosto de 2006 às 17:34
Olá menina,
gotas, lagrimas, elas são a nossa realidade.

Beijinhos

Isa
De LuisaAmaral a 30 de Agosto de 2006 às 19:07
Olá Srª Drª.
Carissíma colega :)) consegui chegar à celebre página de que toda a gente fala (risos...), bom isto é uma página a sério, e sua excelência só dizia que era um cantinho onde podíamos passar um bocadinho, oh sua marota que delicias encontramos aqui. Adorei. Do amor nem falo porque sei que é fortissimo, encantador, e de deslumbramento a quem a escuta falar dele. Amores assim enchem a alma, e a sua é repleta de tanta magia, tanto carinho, tão compensante trabalhar ao seu lado e ouvi-la falar de tudo que só posso agradecer tê-la como companheira de muitas horas árduas.
Beijo grande grande
Luisinha :))
De Marinhais a 30 de Agosto de 2006 às 19:12
{{coral}}
De gota em gota enchi a alma, como se diz num comentário colocado, quem tem paciência consegue encher um grande copo, o do amor. O seu copo é tão transparente, tão belo que espero que muitos poemas destes encham um serviço de copos, mas de cristal como as suas palavras.
Voltei de férias e adorei ler palavras tão gostosas.
Um beijo da
Marinhais
De Alexandra a 31 de Agosto de 2006 às 03:38
Parei a meio da madrugada neste sítio, como gostei de caminhar a paz devagar, só vinha procurar uma imagem de corais :)
Caminhei na paz, caminhei nas linhas imaginárias de gotas chuvosas, caminhei pelo belo poema lirico de uma poeta que nunca tinha lido. Posso dizer que a aplaudo de pé, clap clap clap clap.
Bons ventos, belas paisagens, belos conjuntos de poemas com imagens a combinar. Deliciosa a música. A paz caminha-se devagar. Tem toda a razão.
Em paz me vou :) mas voltarei.
Xana
De SonhoFiel a 31 de Agosto de 2006 às 04:29
Gota a gota, vais conquistando entes, seres que vagueiam na poesia adóravel por ti feita!
Pingas mágia, molhas papel,choras fel, quando te ferem e de água te veste, para te esconderes desse amor, esse que te faz pingar amor ferido.

Amar por vezes, pingasse com dor...


Mais um poema fanstástico, vindo de alguém igualmente fanstástico!
Hoje foi a noite de comentar os teus posts.É verdade, atrassei-me!Férias. :)

Comentar post

.Devagarinho se caminha...

.{{coral}}

.

.As minhas palavras...

. OUTONO...

. OS ANOS PASSAM...

. ESTA OUSADIA...

. A TUA AUSÊNCIA...

. E LÁ GANHÁMOS...

. DESENHA NO MEU CORPO...

. Silenciosamente!

. ABRO O BOLSO...

. AO MEU PAI!

. A TARDE ACONTECE...

. NO DIA DA MULHER

. PARA TI

. AMA-ME NOS AROMAS...

.arquivos

. Novembro 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.favoritos

. DIA MUNDIAL DA POESIA

.as horas no silêncio...

.As visitas ao meu blog


contadores de visitas

.Calendário

.Os cantinhos de magia...

.Vozes...