Segunda-feira, 23 de Outubro de 2006

DA TUA BOCA…

 

(Dedicado a ti, hoje é o teu dia)

Da tua boca,
sai a luz ardente
das palavras.
Dos teus olhos,
sai o brilho plácido
do coração.
Das tuas mãos,
sai o vigor cristalino
do sentir.
E, entre o silêncio das margens,
saem cantos de gaivotas
que voam entre os verdes rios,
caminhando para o mar!



©{{coral}}
... escrevinhando…
Reservados os direitos de autor
Textos e poemas registados na SPA

música: De fundo do blog... a ilustrar o poema
publicado por {{coral}} às 00:01
link do post | As vossas palavras são importantes! | favorito
|
11 comentários:
De Jaime Martins a 23 de Outubro de 2006 às 00:22
Um misto de força e liberdade na calma melancolia do mar, mar que nos liberta do stress diário e nos ajuda a absorver o amor da vida, um belo conjunto, poema, música e imagem.
PS: Ti deves ser importante neste Coral :)
beijinhos
De acbelix a 23 de Outubro de 2006 às 00:47
Estou demasiado fragilizado para ver e ler coisas tão belas. É com esforço que leio o que escreves, sem ter de me recatar, e deixar que a minha alma se afogue em pensamentos profundos do que ja senti, e perdi, ainda que temporariamente.

Adorei

Miro
De JJ a 23 de Outubro de 2006 às 01:21
Não se consegue deixar de gostar de um quadro destes.
A pessoa que é homenageada nestas palavras deve sentir-se muito orgulhosa, não são só as palavras, mas a imagem, a música que ilustra bem a alma de quem escreve tanto do amor por ela (pessoa).
Amor é tudo isto, brilhante forma de sentir.
Adorei
JJ
De Alexandra a 23 de Outubro de 2006 às 01:36
Se no post anterior tinha ficado sem palavras, neste fico quase muda :))
Quanta beleza, dando tudo à pessoa que ama, só pode ser um homem muito cheio de tudo, muito envolvente, a beleza com que o descreve faz parar a respiração às pessoas. Cantar um amor assim é de louvar.
Adorei o quadro em si - poema, imagem, e a musica (belo dueto de Dulce Pontes/Andrea Bocelli)
Deixo um beijo
Alexandra
De maresia-mar a 23 de Outubro de 2006 às 13:41
Lindissimo post, um grito de amor...
Uma boa semana pra ti, a minha vai ser "inundada" em trabalho ai ai. Bjhs com sabor a maresia
De Marluce a 23 de Outubro de 2006 às 14:49
Um poema cheio de amor, sensivel, muito belo o conjunto que colocou.
Não se consegue ficar indiferente à beleza exposta.
Um beijo Marluce
De Secreta a 23 de Outubro de 2006 às 19:05
Poema simples e belo.
Parabens.
De Marcia a 24 de Outubro de 2006 às 00:50

Existem palavras que não se conseguem comentar, este conjunto lirico é bom.
Simples e rico.
Marcia
De Manuela a 24 de Outubro de 2006 às 01:06
Entre silêncios de margens
Escutam-se gaivotas na areia
Buscam-se em alimento
Caem esgotadas pelo voo.

Visitei esta pagina a 1.vez, vou voltar.
Gostei muito
Manuela
De asminhasbijuterias a 24 de Outubro de 2006 às 15:41
lindo como sempre. bjs

Comentar post

.Devagarinho se caminha...

.{{coral}}

.

.As minhas palavras...

. OS ANOS PASSAM...

. ESTA OUSADIA...

. A TUA AUSÊNCIA...

. E LÁ GANHÁMOS...

. DESENHA NO MEU CORPO...

. Silenciosamente!

. ABRO O BOLSO...

. AO MEU PAI!

. A TARDE ACONTECE...

. NO DIA DA MULHER

. PARA TI

. AMA-ME NOS AROMAS...

. DEIXA...

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.Poemas Ditos da {{Coral}}


Escutem os poemas em "Lugar aos Outros 30" 07-12-2006

.favoritos

. DIA MUNDIAL DA POESIA

.as horas no silêncio...

.As visitas ao meu blog


contadores de visitas

.Calendário

.Os cantinhos de magia...

.Vozes...