Terça-feira, 5 de Dezembro de 2006

EXISTEM LUGARES…

 

Existem lugares,
que para mim são vazios.
Já visitei lugares,
que para mim foram preciosos,
capazes de me gravar neles,
me embalar, e de contínua visita em espirito.
Já visitei caras.
que para mim nada significaram, outras
que registo na memória dos meus passos.
Já visitei teu corpo,
e esse está em mim,
nos registos de tempo quente,
invernos bem molhados,
primaveras cantantes e,
outonos  amarelecidos.
Um corpo que nunca passa despercebido,
que conheço centímetro a centímetro,
em cada sinal, cada gesto, cada palavra,
cada ruga, em todas as atitudes precipitadas,
ou em cada acto de amor.
Teu corpo vive para dar calor ao meu,
sente cada passo que dou,
cada incêndio que provoca,
cada silêncio que imprime nas ausências.
Existem lugares,
que por muito cativantes, se apagam… naturalmente,
mas existem lugares, que nunca vão sair de mim…
teu corpo é um dos lugares que jamais sairá de mim,
nem as ausências me farão esquecê-lo.
Teu corpo reside em cada passo meu,
em cada gesto, em cada atitude!...
Teu corpo é, e será sempre meu…
mesmo que a distância se implante em nós!
Teu corpo será sempre um local
de visita perene!



©{{coral}}
... escrevinhando…
Reservados os direitos de autor
Textos e poemas registados na SPA

 

publicado por {{coral}} às 22:37
link do post | As vossas palavras são importantes! | favorito
|
20 comentários:
De jo a 5 de Dezembro de 2006 às 23:59
Obrigada pelas palavras deixadas no nosso ecos, é também um lugar que poderás sempre visitar....
Bem hajas! Abraços
De mariavaladas a 6 de Dezembro de 2006 às 20:34
Como sempre...encontro aqui uma grande calmaria
para as minhas angústias!
Obrigada!
Beijos
Maria
De Secreta a 7 de Dezembro de 2006 às 10:54
Existem lugares e lugares ... Uns são para nós tudo , outros não são nada...
Beijito.
De yohanan a 7 de Dezembro de 2006 às 17:06
olá coral...
Existem lugares que nos fazem sonhar, flutuar nas nuvens e não querer sair de lá. lol ;) mas para tudo há um tempo, e o tempo indefenido para isso n existe.

Bom fdsemana prolongado.
beijitos***
De ferrus a 7 de Dezembro de 2006 às 20:39
existem lugares
que nem nos mapas constam
nem tampouco nos manuais de geografia
ou em qualquer ponto do universo...
mas existem lugares
que de repente se descortinam
por uma qualquer via
com palavras em prosa e verso...

existe o teu!
será também meu!...


gostei imenso...
obrigado pela tua visita.
Voltarei!...
Beijos
De soaresesilva a 7 de Dezembro de 2006 às 21:36
Há lugares e pessoas que nunca esqueceremos, dizes bem.
Obrigada pela visita ao meu blog
De Anónimo a 7 de Dezembro de 2006 às 22:35
o mar será sempre a minha casa
e como a quilha de um navio
rasgarei rumos traçarei rotas
na sala nos cheiros da cozinha.
nas fotografias velhas da parede
viajarei pelo esquecimento
e no pó da mobília carícias de mãos
permitidas no tempo farão sorrisos
junto aos vasos secos das magnólias.
no mar a minha sede é uma eterna viagem.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<b>o mar será sempre a minha casa </b><BR>e como a quilha de um navio <BR>rasgarei rumos traçarei rotas <BR>na sala nos cheiros da cozinha. <BR>nas fotografias velhas da parede <BR>viajarei pelo esquecimento <BR>e no pó da mobília carícias de mãos <BR>permitidas no tempo farão sorrisos <BR>junto aos vasos secos das magnólias. <BR>no mar a minha sede é uma eterna viagem. <BR><BR class=incorrect <a name="incorrect">josé</A> /A&gt; félix <BR>
De Amaral a 8 de Dezembro de 2006 às 18:07
Diria que este é, verdadeiramente, um hino ao... corpo!
A um corpo que dá calor, que dá carinho, que é porto seguro...
O corpo faz parte do ser; o corpo é o lugar para experimentar emoções...
De JJ a 8 de Dezembro de 2006 às 18:41
{{coral}}
Lugares assim todos devíamos visitar.
O corpo visitado é brilhante, de tal forma brilhante, que consegue dar à poeta esta magia de palavras.
Visitar esta página, depois de uns dias ausente, é dar calor a almas que correm a vida de alguns de nós.
Excelente poema, excelente música, excelente imagem. O relaxar ao final de tarde.
Bom feriado.
JJ
De Charlie/ carlos luanda a 9 de Dezembro de 2006 às 00:54
Olá Coral.
És a mesma de quem tive o grato prazer de ouvir ontem no estúdio do Luís Gaspar? És uma maravilha...Este poema, bem poderia ficar na continuação do meu texto do blogue das cartas. Senti-me transportado a esse local mágico que mora na profundidade do nosso eu...
Senti a mesma emoção ao ler-te que senti quando escrevi o texto imbuído do estado de alma que me acompanha.
Lindo...adorei

Comentar post

.Devagarinho se caminha...

.{{coral}}

.

.As minhas palavras...

. OS ANOS PASSAM...

. ESTA OUSADIA...

. A TUA AUSÊNCIA...

. E LÁ GANHÁMOS...

. DESENHA NO MEU CORPO...

. Silenciosamente!

. ABRO O BOLSO...

. AO MEU PAI!

. A TARDE ACONTECE...

. NO DIA DA MULHER

. PARA TI

. AMA-ME NOS AROMAS...

. DEIXA...

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.Poemas Ditos da {{Coral}}


Escutem os poemas em "Lugar aos Outros 30" 07-12-2006

.favoritos

. DIA MUNDIAL DA POESIA

.as horas no silêncio...

.As visitas ao meu blog


contadores de visitas

.Calendário

.Os cantinhos de magia...

.Vozes...