Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavras da coral

"Um mar de palavras de onde sairá uma tela colorida." "O mar é a minha inspiração, é o meu refúgio nas boas e más horas, descansa-me… e recolhe-me! O mar será sempre a minha casa… e

Calendário

Vozes...

29
Jan07

POEMA AMANHECIDO…

{{coral}}

 

O poema amanhecido…
nas tuas palavras,
suga-me o amor que calo
nas noites gélidas,
em que faço caminhos
desprotegida, e sem ti!
Este poema…
pode ser tórrido,
se acender a lareira com linhas quentes,
se o quarto crescente aquecer a minha noite,
se as estrelas iluminarem os meus sonhos!
Linhas carregadas de palavras que eu canto,
ou choro, magoadas ou não,
simplesmente palavras…
carregadas dos meus dias,
escorregando da alma,
onde reside todo o meu interior!
O poema amanhecido…
adormece, nesta noite fria,
dentro de mim, como o frio, como a ausência,
de palavras que se vestem do Inverno!



©{{coral}}
... escrevinhando…
Reservados os direitos de autor
Textos e poemas registados na SPA

19
Jan07

MOSTRA DE BRILHOS…

{{coral}}

 

Mostra a noite o seu brilho…
nas águas cristalinas do pensamento,
palavras deslizantes,
no sal penetrador do mar!
O suave frio que se sente,
refresca os meus lábios,
que conservam o quente dos teus,
guardo sempre no “até logo”
a hora do amanhã…
em que teu anseio estala,
explode e, transpira,
no brilhar dos teus olhos!
Mostra a noite o seu brilho…
abrindo caminhos de estrelas
que se reflectem na serra acolhedora,
ultrapassando o frio nela instalado!
Meus lábios entregam-te…
a palavra doce que baila em mim,
a palavra peregrina de ti…
na porta secreta de nós!
No brilho desta noite,
meu corpo une-se ao teu,
na escadaria do Amor!



©{{coral}}
... escrevinhando…
Reservados os direitos de autor
Textos e poemas registados na SPA

15
Jan07

ÁGUA CRISTALINA...

{{coral}}

 

 

És água colada no meu corpo,
lágrima vertida em verde,
cristal circulante no meu sangue,
vida crescente nas palavras
tatuagem da minha pele!
És a voz que eu escuto,
terna sombra do meu sol,
tonalidade pintando o meu céu,
rei do mar onde nasci,
passageiro residente dos caminhos,
veloz sorriso do rio que te nasceu!
És água transparente,
que corre em mim,
banhando meus sonhos,
que se adornam nas asas das gaivotas,
que te conhecem de cor!
És o amor que nos faz viver…
esta corrida!
És a água cristalina que corre neste mar!


©{{coral}}
... escrevinhando…
Reservados os direitos de autor
Textos e poemas registados na SPA

(pintura de Mel Gama)

11
Jan07

ESCREVINHANDO…

{{coral}}

 

Voa o pensamento…
assenta o sentimento
perde-se a tristeza
explode o acorde
adormece o corpo
sonha-se o tudo
tranquiliza-se a mente
ouve-se o mar, e
eu sinto-te…
no desabafo do teu saber amar!
Voa o pensamento…


©{{coral}}
... escrevinhando…
Reservados os direitos de autor
Textos e poemas registados na SPA

(pintura de Mel Gama)

06
Jan07

ESTE ENTARDECER…

{{coral}}

O final de tarde…
em tranquilidade,
neste bailado de gaivotas
que adornam este mar.
Esta melancolia do pensamento,
longe… tão longe.
Este surgir do por do sol
deslumbrante, no infinito.
O frio que se instala
nesta tarde límpida,
mas infinitamente, caída na solidão.
O final de tarde…
que me envolve,
no murmulho das ondas,
o café que arrefece,
no voar do pensamento para longe…
esperando o timbre da voz a que se habitou!
O final de tarde…
que na doçura do sol, adormece… mas
gelando o meu corpo,
que se deixa transportar pelo som do piano,
acompanhando o bailado das gaivotas.
Este mar adornado de mim…vive-se
nesta concha que me forra a vida…
disfarçando o sal que me banha a face.
O final de tarde…
é este tranquilo adormecer solitário!


©{{coral}}
... escrevinhando…
Reservados os direitos de autor
Textos e poemas registados na SPA

 

01
Jan07

ESTA TENTAÇÃO…

{{coral}}

 

Esta tentação do mar…
que entra nas nossas vidas.
Este olhar o luar,
que em ” Janeiro” nos marca sempre.
Este voar na viagem
que fazemos em nós.
Este retorno de palavras,
cheias de emoção, que entregamos
um ao outro.
Esta nossa constante furia de amar.
Estas vagas imensas, que se confundem
entre as sombras harmoniosas, e vistosas.
Esta tentação do mar…
que entra nas nossas vidas,
alcançando serras,
unindo-nos este acto de estarmos longe,
mas tão perto.
Ouvimo-nos…
Sentimo-nos…
Respeitamo-nos…
Amamo-nos, e
partimos sempre unidos,
na busca da felicidade,
que fica dentro de nós.
Esta tentação do mar….
que entra nas nossas vidas,
todos os dias do ano,
em qualquer estação,
nos horizontes infinitos,
quando unimos as mãos,
dando azo ao nosso sonho escondido,
mas tão querido por nós.
Esta tentação do mar…
que leio sempre nos teus olhos!


©{{coral}}
... escrevinhando…
Reservados os direitos de autor
Textos e poemas registados na SPA

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

{{coral}}

.

as horas no silêncio...

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D